SIGA-NOS
Formulário de Contato

topo

Sala de aula com AR limpo!

Quais medidas são necessárias para que os alunos brasileiros voltem às aulas? Como garantir a segurança sanitária nas escolas e universidades com o retorno do ensino presencial?

Publicado no dia: 19/01/2021
Sala de aula com AR limpo!
Quais medidas são necessárias para que os alunos brasileiros voltem às aulas?  
Como garantir a segurança sanitária nas escolas e universidades com o retorno do ensino presencial?


Alguns protocolos já divulgados no Brasil, para garantir que estudantes voltem a ter aulas presenciais de maneira mais segura possível, com uma série de ações para evitar a contaminação na comunidade escolar.
 
Orientações internacionais como as do  UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância), com base nas diretrizes da OMS (Organização Mundial de Saúde), já vêm sendo colocadas em prática nos países em que estudantes já puderam voltar ao ensino presencial.  
 
No Brasil, cada estado deve atuar com suas regras sanitárias próprias, as principais diretrizes já divulgadas por órgãos nacionais e internacionais para preparo do retorno às aulas presenciais.
 
 
UNICEF:
Segundo o documento divulgado pela UNICEF para embasar o retorno às aulas, estão entre as principais recomendações:  
  • Evitar todas as atividades que gerem aglomerações na hora da entrada e saída da escola, com a sugestão de fazer escalas para que os alunos entrem em horários diferentes
  • Evitar atividades que gerem aglomeração nos intervalos e recreio
  • Reduzir tamanhos de turmas, para aumentar espaçamento entre alunos
  • Realizar treinamento de todos os funcionários (administrativos, professores, pessoal de limpeza,…) para a implementação de práticas de higiene e distanciamento físico
  • Dar treinamento específico para equipes de limpeza, de modo a realizar a desinfecção dos ambientes, sempre usando equipamento de proteção individual (EPI)
  • Aumentar a intensidade e frequência da limpeza
  • Melhorar as práticas de tratamento de resíduos
  • Monitorar a saúde de funcionários e alunos 
  • Fornecer orientações claras sobre como proceder em caso de alguém apresentar sintomas, criando espaço para a separação temporária dessas pessoas, sem criar qualquer tipo de estigma
  • Fornecer orientações claras de quem não deve ir a escola, entre alunos e staff (grupos de risco)
  • Dar ênfase à lavagem das mãos e à etiqueta respiratória (cobrir a boca e o nariz ao espirrar com lenço de papel, descartando-o em seguida no lixo. Caso não tenha lenço de papel, utilizar o antebraço, para tossir ou espirrar. Além disso, evitar tocar olhos, nariz e boca sem ter higienizado as mãos, o que deve ser feito com frequência). 

O plano nacional da Fenep
Para a retomada das aulas presenciais de forma gradual e segura, a Fenep (Federação Nacional das Escolas Particulares) criou o Plano Estratégico de Retomada das Atividades Educacionais do Segmento Educacional Privado Brasileiro, com a orientação da Sociedade Brasileira de Infectologia. As 17 orientações do plano da Fenep:
  • Garantir que os ambientes estejam o mais arejados possível, especialmente salas de aula, realizando atividades educacionais, sempre que for viável, em áreas abertas
  • Organizar o espaço para que os alunos sempre estejam pelo menos a um metro de distância dos outros
  • Higienizar diariamente a unidade educacional com água sanitária diluída (1 colher de sopa por litro de água), antes da chegada das pessoas envolvidas nas atividades presenciais
  • Disponibilizar álcool gel 70% em todos os espaços, especialmente nas salas de aula
  • Orientar que todos higienizem as mãos ao chegar à escola
  • Promover e fiscalizar o uso obrigatório de máscaras por todos dentro da instituição de ensino
  • Realizar medição de temperatura de todas as pessoas no momento do ingresso
  • Promover isolamento imediato de qualquer pessoa que apresente sintomas, orientando as famílias ao procedimento de quarentena
  • Notificar casos confirmados às autoridades de saúde do município
  • Promover demarcação de espaços físicos, de forma a aprimorar o distanciamento social
  • Manter professores e funcionários que pertencem a grupos de risco afastados das atividades presenciais, reorganizando-os em alguma das modalidades remotas possíveis
  • Desenvolver treinamento intenso e contínuo de trabalhadores, alunos e familiares sobre este protocolo de saúde
  • Realizar o mesmo treinamento com famílias da comunidade escolar
  • Recomendar que, se possível, os alunos e funcionários devem levar um calçado extra, para usarem dentro das salas de aula
  • Recomendar que, se possível, alunos e trabalhadores devem levar máscaras extras para realizar a troca a cada 3 horas, durante o período escolar
  • Recomendar a alunos e trabalhadores que, se possível, levem sua própria toalha de mão de tecido, para uso individual
  • Disponibilizar em todas as vias de ingresso à instituição de ensino tapetes úmidos com água sanitária​

A HEPA Filtros Industriais oferece filtros e equipamentos de acordo com a sua necessidade, para garantir AR Limpo.

Contate-nos:
11 98452-3000
11 96363-4774
11 3796-7166
atendimento@hepafiltros.com.br
www.hepafiltros.com.br
« Voltar